Qual a diferença entre a realização do teste de esforço em bicicleta ergométrica ou esteira rolante?

Qual a diferença entre a realização do teste de esforço em bicicleta ergométrica ou esteira rolante?
Para a realização de teste de esforços podem ser utilizados dois tipos de ergômetros: bicicleta ergométrica ou esteira rolante.

  • Na bicicleta ergométrica o esforço é realizado principalmente por grandes grupos musculares com pequeno grau de impacto sobre as articulações, pois, o peso do corpo na bicicleta é suportado por um assento. 
  • Na bicicleta o trabalho realizado é decorrente da velocidade, do incremento da carga colocada no ergômetro e do tempo decorrido do esforço.
  • Na bicicleta a medida da potência aplicada ao ergômetro é mais precisa e a correlação com as alterações metabólicas mais fidedignas. 
  • Na bicicleta há maior facilidade na medida da pressão arterial do que quando o exame é feito na esteira, pois, há menor movimentação do tronco e dos membros superiores.
  • Na bicicleta alguns indivíduos podem apresentar um desempenho abaixo do real porque não estão habituados a pedalar, o que pode dificultar sobremaneira o seu uso, notadamente em idosos.
  • Na bicicleta as respostas fisiológicas ao exercício são ligeiramente diferentes daquelas do exercício em esteira: a resposta pressórica é proporcionalmente maior e na esteira e o consumo máximo de oxigênio é cerca de 5% a 20% mais baixo.
  • Na esteira o esforço depende da adequação da marcha o que envolve frequência das passadas, equilíbrio e grau de movimentação dos membros. Importante também é como a pessoa se posiciona na esteira, o apoio dos membros superiores nas laterais da esteira, que é uma tendência natural, se for utilizado sem controle, poderá aumentar de forma indevida a tolerância ao esforço e, consequentemente, os valores da condição física serão superestimados. 
  • Na esteira, a taxa de trabalho ou potência depende da massa corporal total, do peso e ação da gravidade, da velocidade e da inclinação da esteira.
  • Na esteira ergométrica há maior exigência da demanda metabólica e, possivelmente, maior stress ventilatório e cardíaco (importante na detecção de isquemia).
  • Na esteira o índice de sucesso do exame é maior, pois a marcha é inerente aos seres humanos, mesmo aos mais sedentários.
A equipe Cardiométodo iniciou há 30 anos a realização dos testes ergométricos, inicialmente com a bicicleta ergométrica e, após alguns anos, com a disponibilidade das esteiras rolantes, passou a realizar  os exames de esforço em ambos os ergômetros. 

A experiência da equipe é fundamental na condução adequada do exame que poderá ser tanto em bicicleta ergométrica como na esteira, dependendo das condições do paciente e da indicação do médico assistente. 

O conhecimento da fisiologia do exercício, das diferentes características dos ergômetros e acima de tudo do acompanhamento individual e da observação apurada durante o esforço constitui um somatório de valiosas informações que transcendem o simples registro da pressão arterial e do eletrocardiograma durante o exame. 

Fonte: J. Alberto Neder, Luiz Eduardo Nery. J Pneumol 28(Supl 3) - outubro de 2002

Gostou? Então compartilhe:

POSTAGENS RELACIONADAS

Veja mais novidades sobre este assunto

Seu treino está levando você a lugar nenhum?

Seu treino está levando você a lugar nenhum?

Pesquisas e experiências vividas indicam que muitas pessoas que começam um novo programa de exercícios veem pouca ou nenhuma melhora na sua saúde e ...

Leia mais
Diminuir a mortalidade por doença cardiovascular: qual a melhor estratégia no Brasil?

Diminuir a mortalidade por doença cardiovascular: qual a melhor estratégia no Brasil?

Este assunto foi tema de debate entre especialista no último congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo, realizado recentemente. O D...

Leia mais
Teste Cardiopulmonar ou ergoespirometria

Teste Cardiopulmonar ou ergoespirometria

O teste cardiopulmonar ou ergoespirometria é um exame de grande valia tanto para o atleta como para os praticantes de atividade física não competitiv...

Leia mais