Como iniciar a perda de peso

Como iniciar a perda de peso
Não temos dúvidas da importância de controlar o peso corporal. Todos os estudos demonstram os benefícios de que um peso adequado mantém a qualidade de vida, o nível de saúde, os exames laboratoriais dentro do limite máximo, o bem estar, facilidade de locomoção, longevidade entre tantas outras coisas.

Toda a segunda feira começa com a promessa de que é hora de emagrecer. Todas as vezes que escolhemos uma roupa para irmos a uma festa juramos de que desta semana não passa. O ano novo trás a renovação de que agora sim é hora de iniciar uma dieta. Mas não precisa hora especial, nem a vontade tem que vir de coisas externas.

Cuidar da saúde e, também porque não dizer, da estética é uma coisa que depende de questões internas, chamada de motivação. A motivação é o que influencia a busca por um objetivo. Esse direcionamento ativa o comportamento que engloba conceitos diversos como anseio, desejo, vontade, esforço, sonho, esperança entre outros. Então, para iniciar um cuidado como a perda de peso não precisa de uma data especifica nem de um motivo especifico, mesmo que estes possam ajudar e estimular o começo.

Comece com coisa práticas:
 
DICAS DE COMPORTAMENTO:
  • Faça uma lista de coisas que o motivem. Lembrar de motivos que o ajudem a emagrecer e como focar nos objetivos ajudará neste processo;
  • Cuide-se. Coloque em prática todos os conceitos adquiridos sobre alimentação saudável, exercite-se. Esqueça as idéias mirabolantes para emagrecer e os modismos. Isto é um processo! Envolve comprometimento. Perder peso é um ato involuntário, perde-se o que não queríamos perder. Então, se concentre nas boas idéias. Só tem um jeito de emagrecer: comer pouco, o necessário e gastar o que está em excesso. Cremes, suplementos, shakes, remédios ditos naturais disto ou daquilo não irão resolver. Só muda, se você não mudar de atitude; 
  • Valorize-se. Entenda que seu bem-estar é muito importante;
  • Organize a sua casa. Comece pela despensa, cozinha, geladeira. Tenha somente em casa o que é bom para o seu emagrecimento. Evite alimentos que causem compulsão;
  • Compre e de deixe disponível comidas saudáveis. Não tem como começar uma dieta não tendo uma boa organização de comidas em casa, na gaveta ou geladeira do seu local de trabalho, na sua pasta de trabalho, no carro, etc;
  • Procure fazer algo que o deixe feliz. Na atividade física isto é fundamental. Não importa a modalidade, mas sim fazer o que gosta como dançar, caminhar, nadar, jogar boliche ou qualquer outra atividade. Esta deve lhe dar prazer, principalmente se a comida representa a sua única forma de tê-lo.  Mantenha-se ativo. Melhore sua confiança;
  • Valorize cada progresso, como: emagrecer mesmo que gramas, entrar numa roupa que fazia tempo que não entrava, escolher roupas mais alegres, nas festas conversar mais, comer menos, enfim, um passo de cada vez;
  • Aceite elogios. Agradeça e fique feliz. Curta suas conquistas; 
  • Não se compare com as outras pessoas. Cada um tem seu ritmo. Curta os cuidados que você está conseguindo dar para você mesmo;
  • Aprenda a manter o controle sobre as coisas; 
  • Se possível, consulte um profissional para ajudar na organização do hábito alimentar e de criar metas objetivas e duradouras para o emagrecimento. Esta meta vai variar de acordo com sua saúde, seu peso inicial e seu estilo de vida;
  • Metas pequenas são mais fáceis de serem alcançadas do que as inatingíveis. A cada 5% de emagrecimento do peso inicial já ocorrem mudanças visíveis. Além disto, mudanças internas também como melhor nos exames laboratoriais, etc. Trace novas metas a cada objetivo atingido. Entre elas:
  • 1 fruta por dia (ir aumentando até atingir 3 porções ao dia);
  • Reduzir a ingestão de refrigerantes e doces para apenas os finais de semana;
  • Emagrecer 0,5 kg por semana;
  • Andar 30 minutos ao dia;

DICAS DE ALIMENTAÇÃO:
  • Faça três refeições principais durante o dia e pelo menos três pequenos lanches;
  • De preferência, procure se alimentar todos os dias na mesma hora e no mesmo local da casa (nunca na frente da TV ou do computador);
  • Concentre-se no que estás comendo, mastigue bem; 
  • Sirva o seu prato uma só vez, não coloque travessas com alimentos sobre a mesa. No buffe sirva o seu prato completo somente uma vez; 
  • Cozinhe porções menores de alimentos; 
  • Não faça compras no supermercado se estiver com fome. Isto ajuda a evitar a compra maior e desnecessária de alimentos calóricos; 
  • Procure dormir bem. Durante o sono normal, a regulação hormonal favorece a saciedade e regula o metabolismo do organismo;
  • Reduza açúcar, farinhas brancas e alimentos refinados e as gorduras na sua dieta. Mude das gorduras animais para as gorduras vegetais; 

Não é difícil, basta tentar e começar. Bom começo e boa sorte!

Fonte:

ANA HARB
Nutricionista Clínica
Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS
Professora do Curso de Nutrição da UNISINOS


Gostou? Então compartilhe:

Exames Relacionados

Veja os exames relacionados a esta matéria

Eletrocardiograma

Eletrocardiograma

Exame destinado a registrar a atividade elétrica responsável pelos batimentos do coração.

Veja mais
Ergometria

Ergometria

São algumas das diferentes formas de chamar o exame de esforço. Na Cardiométodo pode ser realizado tanto na esteira rolante como na bicicleta ergométrica

Veja mais

POSTAGENS RELACIONADAS

Veja mais novidades sobre este assunto

Diagnóstico de doença arterial periférica - prevalência e incidência

Diagnóstico de doença arterial periférica - prevalência e incidência

A avaliação ambulatorial da doença arterial periférica não é usualmente considerada na avaliação clínica, portanto, o diagnóstico de doença a...

Leia mais
Festas de final de ano: excedentes de energia acumulados e o impacto para a saúde

Festas de final de ano: excedentes de energia acumulados e o impacto para a saúde

Inicia a temporada das festas, abuso alimentar, pouco tempo e menor disposição física para gastar os excedentes de energia acumulados. Como fator agr...

Leia mais
O exercício físico pode tornar seu cérebro mais jovem?

O exercício físico pode tornar seu cérebro mais jovem?

As pesquisas mais animadoras sobre exercício, no último ano, foram sobre as relações entre o exercício regular e melhorias no pensamento e na estru...

Leia mais