Agendamento de exames das 8h às 12h30 e das 13h30 às 18h (51) 3217.4144 ou 99175.7817

Blog

Associação entre fatores de risco cardíaco potencialmente modificáveis e a necessidade de melhorar a Saúde: um Estudo baseado na população

 
Associação entre fatores de risco cardíaco potencialmente modificáveis e a necessidade  de melhorar a Saúde: um Estudo baseado na população
16 de junho de 2017
Apesar das décadas de progressão constante, a doença cardíaca isquêmica continua a ser uma das principais causas de morbidade e mortalidade. Grande parte dos progressos realizados até agora tem sido atribuída aos avanços nas intervenções agudas e terapias cardiovasculares preventivas secundárias. Entretanto, as mudanças nas tendências dos fatores de risco são estimadas em cerca de metade a dois terços das melhorias observadas nos países desenvolvidos.

Os aumentos emergentes na prevalên...


A importância da Pressão Arterial Sistólica

 
A importância da Pressão Arterial Sistólica
03 de abril de 2017
Evidências impressionantes se acumulam para justificar maior atenção à relevância da Pressão Arterial Sistólica (PAS) como um importante fator de risco para doença cardiovascular. 

As mudanças dos padrões de Pressão Arterial ocorrem com o avançar da idade. O aumento da PAS continua ao longo da vida em contraste com a Pressão Art...


A medida correta da pressão arterial é fundamental para o diagnóstico Hipertensão Arterial

 
A medida correta da pressão arterial é fundamental para o diagnóstico Hipertensão Arterial
17 de março de 2017
Os números são alarmantes, um em cada três adultos americanos estão com a pressão arterial elevada. É a hipertensão arterial e, muitos nem sabem que têm, justamente porque a pressão arterial elevada não causa sintomas ou sinais de alerta. Mais importante ainda, quando a pressão arterial elevada é acompanhada por níveis anormais de colesterol e açúcar no sangue, acelera exponencialmente os danos as artérias, rins e coração. 

Felizmente, a pressão arterial elevada é fácil de detecta...


Exercício e Risco Cardiovascular em Pacientes com Hipertensão

 
Exercício e Risco Cardiovascular em Pacientes com Hipertensão
17 de fevereiro de 2017
As evidências sobre os benefícios do exercício regular são irrefutáveis e, aumentar a atividade física deve ser um grande objetivo em todos os níveis de cuidados de saúde. 

A boa capacidade física (VO2max elevado) mostrou ser protetora contra a progressão da pré-hipertensão para a hipertensão, bem para o risco de doença coronariana entre as pessoas com hipertensão ou com outros fatores de risco.

Um estilo de vida sedentário ou de baixa atividade física associado ao baixo VO...


Teste Cardiopulmonar: evidências da aplicabilidade clínica (Metanálise recente)

 
Teste Cardiopulmonar: evidências da aplicabilidade clínica (Metanálise recente)
07 de outubro de 2016
Um estudo publicado em fevereiro realizou uma extensa revisão de artigos relacionados ao teste cardiopulmonar ou Ergoespirometria, os quais foram apresentados no PubMed, Medline, Hinari, Ebsco e Cumed, nos últimos dez anos. O propósito foi determinar a reprodutibilidade em relação à capacidade funcional, bem como revisar a contribuição do exame no diagnóstico e no prognóstico.

É sabido que o Teste Cardiopulmonar avalia durante o exercício a resposta do organismo de forma integrada, ...


Fatores de risco para desenvolver hipertensão arterial

 
Fatores de risco para desenvolver hipertensão arterial
09 de setembro de 2016
A pressão arterial elevada tem muitos fatores de risco, alguns podem ser corrigidos, o que poderá evitar ou mesmo retardar o aparecimento da doença e suas conseqüências. 

São considerados fatores de risco para desenvolver hipertensão arterial:

• Idade. - O risco de desenvolver hipertensão arterial aumenta com a idade. Acima dos 45 anos de idade a hipertensão se torna mais freqüente, especialmente nos homens. As mulheres são mais propensas a desenvolver pressão alta depoi...


Capacidade Máxima Cardiorrespiratória, Síndrome Metabólica e suas correlações com riscos cardiovasculares

 
Capacidade Máxima Cardiorrespiratória, Síndrome Metabólica e suas correlações com riscos cardiovasculares
02 de setembro de 2016
A Síndrome Metabólica é definida como uma soma de manifestações clínicas cuja a causa considerada como responsável é a resistência insulínica, o que leva a aumento de risco para doenças cardiovasculares. Os critérios vigentes para definir a síndrome, com algumas variações entre eles, são: o da Organização Mundial de Saúde (OMS), o do National Cholesterol Education Program (NCEP) e do Consenso Brasileiro sobre Síndrome Metabólica.

Segundo os critérios brasileiros, a Síndrome Metabólica ...


Sintomas de hipertensão ?

 
Sintomas de hipertensão ?
19 de janeiro de 2016
A maioria das pessoas com pressão arterial elevada não têm sinais ou sintomas, mesmo com medidas de pressão arterial alcançando níveis perigosamente elevados.

Algumas pessoas com pressão arterial elevada pode ter dores de cabeça, falta de ar ou hemorragias nasais, porém, estes sinais e sintomas não são específicos e quando ocorrem a pressão arterial atingiu um estágio grave.

O diagnóstico em geral é feito em medidas de rotina ou em algum atendimento emergencial. De qualquer form...


Medir a pressão arterial forma adequada exige cuidados

 
Medir a pressão arterial forma adequada exige cuidados
03 de dezembro de 2015
Uma vez que o diagnóstico de hipertensão arterial esteja definido é recomendado que o paciente aprenda a medir a sua própria pressão arterial. Os registros fora do ambiente do consultório médico contribuem para um adequado ajuste do tratamento pois, o médico deverá considerar os valores da pressão arterial tanto das medidas realizadas no ambiente doméstico como das medidas do consultório.

Aparelhos devidamente certificados de diferentes modelos estão atualmente disponíveis no mercado p...


Ingerir medicamentos para controle da hipertensão à noite pode reduzir o risco de diabetes

 
Ingerir medicamentos para controle da hipertensão à noite pode reduzir o risco de diabetes
30 de outubro de 2015
Estudo publicado na Diabetologia em 23 de Setembro último buscou responder a seguinte questão: ingerir a dose diária dos medicamentos para tratar a hipertensão na hora de dormir resulta em maior redução no risco de diabetes do que utilizar os medicamentos ao acordar?

Foram estudados 2.012 pacientes hipertensos sem diabetes, 976 homens e 1.036 mulheres, com média de idade de 57 anos. Os pacientes foram randomizados, para ingerir todos os seus medicamentos prescritos para hipertensão ao ...


 
1 2 3


Categorias:
Arquivos: