Agendamento de exames das 8h às 12h30 e das 13h30 às 18h (51) 3217.4144 ou 99175.7817

Blog

Exercícios físicos para as mulheres grávidas: novas recomendações

 
Exercícios físicos para as mulheres grávidas: novas recomendações
12 de maio de 2017
Historicamente, as mulheres grávidas foram aconselhadas a abster-se de exercício físico devido a preocupações sobre o risco fetal.
 
As orientações tradicionais para as mulheres grávidas eram: desfrute o máximo de descanso possível durante a gravidez, se houver complicações o repouso prolongado na cama pode ser recomendado.

Simultaneamente, foram aconselhados a aumentar sua ingestão calórica durante a gravidez, com a ideia que estariam se alimentando "por dois". Soma-se a is...


Exercício e Risco Cardiovascular em Pacientes com Hipertensão

 
Exercício e Risco Cardiovascular em Pacientes com Hipertensão
17 de fevereiro de 2017
As evidências sobre os benefícios do exercício regular são irrefutáveis e, aumentar a atividade física deve ser um grande objetivo em todos os níveis de cuidados de saúde. 

A boa capacidade física (VO2max elevado) mostrou ser protetora contra a progressão da pré-hipertensão para a hipertensão, bem para o risco de doença coronariana entre as pessoas com hipertensão ou com outros fatores de risco.

Um estilo de vida sedentário ou de baixa atividade física associado ao baixo VO...


Corrida para trás, no sentido inverso, é um bom exercício?

 
Corrida para trás, no sentido inverso, é um bom exercício?
10 de fevereiro de 2017
Caminhar tem sido usado por profissionais do esporte e da reabilitação para melhorar a aptidão cardiovascular e reabilitar lesões músculo-esqueléticas. 

Os seres humanos geralmente aprendem a andar e correr em uma direção para a frente com pouca dificuldade. Isso é inerentemente, lógico, pois, o campo de visão está na direção direta. O retrocesso, andar para trás inverte as trajetórias do movimento das pernas, a perna não só inverte sua direção de movimento, como também viaja na d...


Seu treino está levando você a lugar nenhum?

 
Seu treino está levando você a lugar nenhum?
04 de janeiro de 2017
Pesquisas e experiências vividas indicam que muitas pessoas que começam um novo programa de exercícios veem pouca ou nenhuma melhora na sua saúde e aptidão mesmo depois de semanas persistindo com sua nova rotina.

Entre os cientistas da aptidão, estas pessoas são conhecidas como "não responsivos" o que se torna muito desencorajador.

Mas, um oportuno novo estudo sugere que os "não responsivos" a uma forma de exercício podem provavelmente mudar para outro regime de exercícios e seu...


Seis maneiras de manter a motivação para treinamento físico durante as férias

 
Seis maneiras de manter a motivação para treinamento físico durante as férias
09 de dezembro de 2016
Férias é um período que embora haja mais tempo disponível, os horários acabam em geral ocupados com outras tarefas. Muitos lutam para manter uma rotina consistente de exercícios neste período outros simplesmente desistem.

Seis estratégias são sugeridas para manter a motivação nestas férias:

1. Estabelecer pequenas metas - Quebre a rotina mais pesada, defina metas treino mais realistas, com base no que está acontecendo em sua vida. Deixe um desafio de férias, planeje um número al...


Como pode o estresse afetar os níveis de colesterol?

 
Como pode o estresse afetar os níveis de colesterol?
28 de outubro de 2016
Inúmeras pesquisas foram feitas para avaliar os efeitos do estresse sobre a saúde do coração, no entanto, na maioria das vezes são avaliados os efeitos indiretos dos problemas psiquiátricos sobre o estilo de vida e suas repercussões sobre os níveis de colesterol.

Um estudo, publicado em 2013, encontrou uma ligação entre níveis elevados de colesterol mais longo prazo e estresse no trabalho. Concluiu que o colesterol elevado foi decorrente de estresse crônico no trabalho. Assim, em vez d...


Se você pudesse dar apenas seis conselhos para jovens escolherem o caminho da saúde o que seria?

 
Se você pudesse dar apenas seis conselhos para jovens escolherem o caminho da saúde o que seria?
21 de outubro de 2016
Escolhas de vida feitas aos 20 anos pode ter impacto na saúde do coração aos 40 anos. A maioria dos jovens aos 20 anos não se preocupa com a saúde porém, os estudos mostram que as opções de estilo de vida e de saúde que são feitas justamente durante a terceira década de vida tem um efeito dramático sobre a forma como será a velhice.
 
Manter-se saudável em seu 20 anos está fortemente associada a um menor risco de doença cardíaca na meia-idade, de acordo com pesquisa da Universidade...


Torne-se um corredor

 
Torne-se um corredor
30 de setembro de 2016
Você planejou correr cinco quilômetros hoje mas, as solicitações familiares, o trabalho e obrigações sociais simplesmente não permitiram. A opção seria fazer uma corrida noturna, o que pode resultar em sono perturbado então, a melhor solução é colocar o exercício como o primeiro compromisso da agenda. "As pessoas que começam a correr no início da manhã ficam viciadas com o sentimento de ter realizado este esforço muito antes dos outros acordarem e, também, sentem-se muito mais dispostas com ...


Quais modificações podem ser encontradas em atletas master? Em algum momento o esforço intenso e prolongado pode ser prejudicial?

 
Quais modificações podem ser encontradas em atletas master? Em algum momento o esforço intenso e prolongado pode ser prejudicial?
12 de agosto de 2016
A questão que se coloca é como o efeito cumulativo de muitos anos de treinamento pode afetar as estruturas cardíacas, função e, em última análise, impactar no prognóstico. Conforme o Dr. Richard Kovacs, professor de clínica médica, Indiana University School of Medicine e diretor do Krannert Institute "O exercício no extremo tem sido tema de controvérsia recente, e, como com todas as controvérsias médicas, dados adicionais são necessários para resolver o problema". 

Da mesma forma ...


O exercício como forma de amenizar os fogachos da menopausa

 
O exercício como forma de amenizar os fogachos da menopausa
05 de agosto de 2016
Frequente, o chamado fogacho, rubor quente pós-menopausa, é uma consequência de modificações fisiológicas que levam a vasodilatação cutânea e sudorese profusa, causando grande desconforto as mulheres, pois são acompanhadas por fluxo sanguíneo cerebral reduzido.

Novos estudos sugerem que o tipo certo de exercício pode diminuir a frequência e a gravidade das desconfortantes ondas de calor que ocorrem na menopausa, alterando a forma como o corpo regula a temperatura interna.

Como o...


 
1 2 3 4 5 6


Categorias:
Arquivos: