Agendamento de exames das 8h às 12h30 e das 13h30 às 18h (51) 3217.4144 ou 99175.7817

Blog

O estudo recente chamado CANTOS e a responsabilidade da inflamação na doença cardíaca

 
O estudo recente chamado CANTOS e a responsabilidade da inflamação na doença cardíaca
06 de outubro de 2017
Os resultados do estudo CANTOS, recentemente publicado, podem mudar de forma importante a forma de trabalhar a prevenção e o tratamento da doença arterial coronariana. Evidencias sugerem que o uso de uma droga, inicialmente reservada para modular a reação inflamatória  melhora o prognóstico em pacientes de alto risco.

Mas, como muitas vezes na pesquisa clínica, os questionamentos surgem e, da mesma forma que muitas ideias se mostram pertinentes, outras não. Neste caso é uma nova i...


Diagnóstico de doença arterial periférica - prevalência e incidência

 
Diagnóstico de doença arterial periférica - prevalência e incidência
30 de junho de 2017
A avaliação ambulatorial da doença arterial periférica não é usualmente considerada na avaliação clínica, portanto, o diagnóstico de doença arterial periférica provavelmente esta subestimado, contribuindo para uma diminuição da consciência de problemas circulatórios periféricos em comparação com outros distúrbios do sistema circulatório.

A doença arterial periférica é um distúrbio aterosclerótico progressivo que pode levar à má qualidade de vida, um risco aumentado de hospitalização e ...


Treinamento físico para melhorar as funções cognitivas em adultos acima de 50 anos - Uma revisão sistemática com meta-analises

 
Treinamento físico para melhorar as funções cognitivas em adultos acima de 50 anos - Uma revisão sistemática com meta-analises
09 de junho de 2017
Hoje, mais de 35 milhões de pessoas vivem com demência, 54% dos quais vivem em países com rendimentos baixos ou médios. Os números dos afetados são duplicados a cada 20 anos.

Entre as pessoas mais velhas, a demência é a principal doença crônica contribuinte para deficiência e necessidade de cuidados.

A demência está afetando significativamente cada sistema de saúde no mundo, e grandes quantidades de recursos e dinheiro são gastos em cuidar de pessoas com demência. 

É...


Quanto custa, financeiramente e para a saúde, não tomar a medicação prescrita pelo médico?

 
Quanto custa, financeiramente e para a saúde, não tomar a medicação prescrita pelo médico?
28 de abril de 2017









O tratamento médico prescrito deve ser seguido rigorosamente para ser eficaz. Fazê-lo de forma irregular pode gerar sérios problemas e este comportamento, que é totalmente evitável, gera enormes custos e afeta milhares de pessoas.
 
Um levantamento recente realizado nos Estados Unidos apontou números são alarmantes, conforme revisão publicada no Annals of Internal M...


Atividade aeróbica, capacidade aeróbica e doença de Alzheimer

 
Atividade aeróbica, capacidade aeróbica e doença de Alzheimer
24 de março de 2017
Para algumas pessoas com doença de Alzheimer em estágio inicial, passeios frequentes e rápidos podem ajudar a reforçar as habilidades físicas e a perda de memória, de acordo com um dos primeiros estudos de atividade física como um tratamento experimental para demência.

Mas os resultados de outros estudos, embora encorajadores, mostraram que as melhorias eram modestas e não universais, levantando questões sobre como e por que o exercício ajuda algumas pessoas com demência e não outras.<...


A medida correta da pressão arterial é fundamental para o diagnóstico Hipertensão Arterial

 
A medida correta da pressão arterial é fundamental para o diagnóstico Hipertensão Arterial
17 de março de 2017
Os números são alarmantes, um em cada três adultos americanos estão com a pressão arterial elevada. É a hipertensão arterial e, muitos nem sabem que têm, justamente porque a pressão arterial elevada não causa sintomas ou sinais de alerta. Mais importante ainda, quando a pressão arterial elevada é acompanhada por níveis anormais de colesterol e açúcar no sangue, acelera exponencialmente os danos as artérias, rins e coração. 

Felizmente, a pressão arterial elevada é fácil de detecta...


A doença cardíaca em mulheres pode ser diferente

 
A doença cardíaca em mulheres pode ser diferente
06 de março de 2017
A doença cardíaca muito frequentemente é considerada um problema para os homens mas, é a causa mais comum de morte, tanto para mulheres como para os homens nos Estados Unidos.

Um desafio é que alguns sintomas de doença cardíaca em mulheres podem ser diferentes dos homens. É importante as mulheres entenderem e valorizarem seus sintomas para reduzir o risco de doença cardíaca e suas consequências.

O sintoma de ataque cardíaco mais comum nas mulheres é algum tipo de dor, pressão ou...


Exercício e Risco Cardiovascular em Pacientes com Hipertensão

 
Exercício e Risco Cardiovascular em Pacientes com Hipertensão
17 de fevereiro de 2017
As evidências sobre os benefícios do exercício regular são irrefutáveis e, aumentar a atividade física deve ser um grande objetivo em todos os níveis de cuidados de saúde. 

A boa capacidade física (VO2max elevado) mostrou ser protetora contra a progressão da pré-hipertensão para a hipertensão, bem para o risco de doença coronariana entre as pessoas com hipertensão ou com outros fatores de risco.

Um estilo de vida sedentário ou de baixa atividade física associado ao baixo VO...


Risco Genético, Estilo de Vida Saudável e Doença Coronáriana

 
Risco Genético, Estilo de Vida Saudável e Doença Coronáriana
27 de janeiro de 2017
Os fatores genéticos e o estilo de vida contribuem para o risco individual de doença arterial coronariana. Uma questão permanece: até que ponto o aumento do risco genético pode ser compensado por um estilo de vida saudável?

Os fatores genéticos e o estilo de vida são fatores determinantes da doença arterial coronariana, um transtorno complexo que é a principal causa de morte em todo o mundo.
 
Um padrão familiar de ocorrência de doença arterial coronariana foi descrito pela ...


A Redução da Capacidade Física e o Uso de Estatinas

 
A Redução da Capacidade Física e o Uso de Estatinas
20 de janeiro de 2017
Tomar medicamentos para baixar o colesterol parece tornar o exercício mais difícil e menos benéfico, sugere um novo estudo em ratos. Os ratos não são seres humanos, obviamente, mas o estudo levanta questões interessantes sobre se e como as estatinas podem afetar a aptidão física em todos nós.

No experimento, estatinas foram muito eficazes na redução dos níveis de colesterol. Mas os animais se moviam menos quando tomavam estatinas em comparação com aqueles que não  ingeriram as dro...


 
1 2 3 4


Categorias:
Arquivos: